DF aguarda estratégia de vacinação enquanto vê taxa de ocupação de leitos aumentar


 

O governador Ibaneis Rocha (MDB) sancionou projeto de lei aprovado pela Câmara Legislativa que solicita um plano de vacinação contra a covid-19, no Distrito Federal, dentro de 30 dias. O texto foi publicado ontem, em edição extra do Diário Oficial do DF. No mesmo dia, a capital registrou 1.036 casos de infecção pelo novo coronavírus e 20 óbitos em decorrência da doença, somando 240.132 infectados e 4.086 mortos

Embora os números mostrem a situação ainda é muito grave, o comportamento de parte da população é negacionista, uma vez que festas e aglomerações são mais frequentes a cada fim de semana. Entre a última sexta-feira e domingo, por exemplo, a Secretaria DF Legal teve que intervir em 78 estabelecimentos por descumprimento às normas sanitárias. 

O Índice de Isolamento Social, medido pela empresa Inloco, mostra que 46,44% das pessoas na capital mantêm o distanciamento, o sexto menor do país. O não cumprimento das recomendações médicas preocupa especialistas. Atualmente, dos 155 leitos públicos de unidade de terapia intensiva (UTI) com suporte de ventilação mecânica para tratamento de covid-19 no DF, 26 estão disponíveis, o que corresponde a 82% de ocupação. Em julho, o total de leitos oferecidos na rede pública era de 510.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário