Morre, aos 103 anos, idoso que pediu para ser internado ao lado da esposa em hospital de Samambaia


Às 3h deste sábado (17), Francisco Fernandes de Alencar disse aos familiares estar pronto para partir e reencontrar a 'Bastiana'. O idoso, de 103 anos, não resistiu a uma hemorragia intestinal e faleceu nesta madrugada.
DENTISTAS DO BRASIL

Ele e a mulher, Sebastiana Coelho de Matos, emocionaram o país quando ficaram internados juntos, lado a lado, no Hospital Regional de Samambaia, no Distrito Federal, em abril de 2018.


Uma das netas do casal contou ao G1 que "até o último minuto de vida, ele estava consciente":

"Pediu para segurar a nossa mão e disse que estava pronto para partir. Foi encontrar a Bastianinha", disse Jane Alves.

Francisco completaria 104 anos em 2 de setembro. Segundo Jane, o idoso chegou a ser levado ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC) no início da semana, mas pediu para voltar para casa.

"Ele não queria morrer no hospital. Queria ficar ao lado da família e fazer coisas comuns. Na noite passada, pediu até café com requeijão."
'Cadê Bastiana, ela tá bem?'
Em 16 de abril do ano passado, Francisco e a esposa deram entrada no Hospital Regional de Samambaia. Ela, com o agravamento no quadro de diabetes, foi internada. Ele, diagnosticado com insuficiência renal.
Em alas diferentes, os dois não cansavam de perguntar um pelo outro, afirmou Jane Alves.
"Meu avô queria saber se a 'Bastiana' dele estava bem, se ainda estava ali."

Percebendo a situação, a direção do hospital quebrou o protocolo e decidiu colocar os dois no mesmo quarto. Sebastiana e Francisco, então, passaram boa parte da internação de mãos dadas, com as camas lado a lado.

A iniciativa ajudou na recuperação do casal. Eles retornaram para casa dez dias depois. Sebastiana, no entanto, não resistiu a um enfisema pulmonar e morreu, aos 101 anos, em 11 de setembro de 2018. O casal ficou junto durante 82 anos.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário