CRM abre procedimento para investigar denúncias contra médicos do Hospital de Samambaia


O Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) instaurou, nesta terça-feira (16/07/2019), procedimento para apurar as denúncias oferecidas contra oito médicos suspeitos de negligência e violência obstétrica no Hospital Regional de Samambaia (HRSam).


Paralela à apuração do CRM-DF, a Polícia Civil do DF também se movimenta a fim de averiguar as queixas e já intimou os profissionais de saúde envolvidos a prestarem depoimento. Conforme o Metrópoles apurou, alguns se anteciparam e, aos investigadores, negaram qualquer tipo de ilegalidade. Segundo o relato de pacientes, os procedimentos teriam, inclusive, acarretado a morte de recém-nascidos.

“Nesta primeira fase, resolvemos focar nos profissionais especializados em obstetrícia. Estamos atuando em conjunto com a Secretaria de Saúde e compartilhando informações para que os procedimentos administrativos também sejam adotados”, detalhou o delegado Guilherme Sousa Melo, da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte).
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário