Mensagens mostram desespero da menina após abusos de padrasto




Mensagens de celular descrevem o desespero da adolescente de 13 anos que denunciou um suposto abuso do padrasto à mãe, em Araçariguama (SP), no dia 25 de março
.
De acordo com os imagens obtidas pelo G1, a vítima precisou se esconder no banheiro da casa, no bairro Novo Tigrão, para se proteger.


Nas mensagens, a mãe dela pede para que a menina avise assim que o homem aparecesse em casa, por volta das 6h40.


A garota pede para que a mãe, que é empregada doméstica e estava trabalhando, volte logo para casa. "Mãe, vem logo, mãe. Ele me coisou, mãe. Por favor, mãe. Eu estou dentro do banheiro", escreveu a menina em um trecho.



Em seguida, a jovem conta que o padrasto havia entrado em casa aparentemente embriagado: "Está fedendo a pinga".
Segundo o registro, as mensagens foram enviadas por volta das 8h30.
Conforme o boletim de ocorrência, a mãe da adolescente voltou imediatamente foi para casa, onde achou a filha trancada no cômodo.


O suspeito correu para um matagal próximo e não foi localizado. Equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar fizeram buscas na região, mas ele continua foragido.


A vítima foi levada à delegacia e prestou depoimento. Conforme a polícia, a estudante passou por exames no Instituto Médico Legal (IML) para identificar as agressões. O caso é investigado pela Polícia Civil.

A mãe da menina iniciou um relacionamento com o homem há cerca de dois meses. Os dois, então, passaram a morar na mesma casa, onde também vive a adolescente.
A Guarda Civil Municipal informou ao G1 que o suspeito, que trabalha como serralheiro, tem histórico de brigas de rua.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário