Homem é assassinado por prostituta ao tentar recuperar celular roubado por ela

Um homem de 42 anos foi assassinado na manhã desta sexta-feira (12), depois de tentar recuperar seu celular, que havia sido roubado por uma prostituta na região do Zero KM, no Bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande.
Pessoas que estavam no bar pararam uma viatura da Polícia Militar que passava pelo local, afirmando que um homem tinha sido esfaqueado no Bar Point da Gelada. Os policiais encontraram o homem no chão, com uma facada no peito.
Conforme o boletim de ocorrência, uma testemunha do crime disse que a suspeita era uma garota de programa de 38 anos, que tinha roubado o celular da vítima e, quando ele tentou recuperar o celular, por volta das 07h20, foi surpreendido com a facada.
A suspeita ainda estava no local do crime, ela não tinha conseguido fugir porque a equipe da PM passava pelo local exatamente no momento da facada. Questionada, ela indicou onde tinha jogado a faca utilizada no crime.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou que o homem já havia morrido. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e a Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (Politec) também estiveram no local.
A testemunha ainda relatou aos policiais que o homem tinha feito um programa com outra mulher, de 42 anos, pouco antes de ser assassinado, e que esta também tinha roubado ele, levando R$ 1 mil em dinheiro.
A garota de programa foi encontrada e também acabou presa. Ela não informou onde estava o dinheiro que teria roubado. As duas foram encaminhadas para a Central de Flagrantes de Várzea Grande.
O celular do homem assassinado foi encontrado no chão, ao lado dele. As suspeitas já possuem passagens criminais por vários crimes e a acusada de cometer o assassinato contou que já tinha cometido um assassinato há três anos.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário