Homem é internado em Samambaia com sintomas de dengue hemorrágica




Um homem de 31 anos foi internado no Hospital Regional de Samambaia (HRSam), na madrugada desta quinta-feira (28/6), com sintomas de dengue hemorrágica. O homem deu entrada, na terça-feira (26/6), no Hospital Regional de Planaltina (HRP), mas precisou ser transferido para a outra unidade de saúde.
Segundo familiares, ele recebe transfusões de sangue a cada seis horas e está em estado grave. Um exame de sangue indicou que o paciente está com dengue hemorrágica - os resultados apontaram taxas de hematócitos (células sanguíneas) baixas. 

Antes de ser levado ao hospital, ele teria ido a um posto de saúde por apresentar sintomas da dengue comum, mas foi encaminhado ao HRP para fazer exames de sangue. Essa é a segunda vez que a vítima contrai a doença.

A família também conta que, na segunda-feira (25/6), ele apresentou sintomas semelhantes aos da gripe, como febre e dores nas costas. No entanto, após uma visita ao posto de saúde, a equipe médica constatou que ele teria contraído a doença novamente. O paciente recebeu soro por via venosa, além de um encaminhamento para ser avaliado no hospital. No mesmo dia, ao chegar em casa, os sintomas se agravaram, e o paciente passou a apresentar sangue nas fezes e no vômito. 

No HRSam, o médico informou aos parentes que o quadro é crítico. A irmã do homem afirmou à reportagem que ele apresenta inchaço, não consegue levantar e continua a evacuar sangue. A família ainda aguarda um exame detalhado e o laudo final do médico. 
Até a segunda-feira (25/6), a Secretaria de Saúde havia registrado 2.163 casos suspeitos de dengue. Segundo a pasta, atualmente, a taxa de incidência da doença está dentro do canal endêmico esperado. Neste ano, foram registrados dois casos graves e uma morte pela doença. No mesmo período de 2017, ocorreram 15 casos graves e 10 mortes pela doença.

Em fevereiro, um relatório da Secretaria de Saúde alertava para um surto de dengue no Distrito Federal. A situação mais preocupante era a de Sobradinho 2, região vizinha ao hospital que atendeu o paciente com suspeita de dengue hemorrágica. Fercal, Lago Norte, Lago Sul, Park Way e Varjão também apresentaram níveis preocupantes de imóveis infestados com larvas de mosquitos Aedes aegypti.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário