Após desabamento do viaduto da Galeria dos Estados, diretor-geral do DER é exonerado


Um dia após o desabamento do viaduto da Galeria dos Estados, no Eixão Sul, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) anunciou, nesta quarta-feira (07/02), a exoneração do diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER), Henrique Luduvice. No lugar dele, assume Márcio Buzar, diretor de edificações da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

Por se tratar de uma rodovia distrital, a manutenção do Eixão Sul é competência do DER. Buzar é graduado em Engenharia Civil pela Universidade Estadual do Maranhão e tem Mestrado e Doutorado em Estruturas e Construção Civil pela Universidade de Brasília (UnB). Ele detém experiência na área, com diversos projetos realizados de estruturas de aço e concreto armado. O novo diretor do DER também é professor na UnB e está no governo Rollemberg desde o início da gestão, em 2015.

Chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio afirmou que a escolha foi técnica, uma vez que Buzar participou de reformas de outros viadutos. “Nesse momento, por transitar com a Novacap e por ter um currículo que permite atuar nessas questões, a gente entendeu que o currículo do Márcio Buzar nos atenderia melhor”, justificou.

Ao assumir a fala, o novo diretor-geral do DER destacou a falta de manutenção do trecho, um dos primeiros da capital federal. “O viaduto nunca passou por uma intervenção em 50 anos”, frisou.
FONTE: CORREIO BRAZILIENSE
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário