Caesb e CEB oferecem programa de parcelamento para quitação de contas

Com a renda comprometida e dificuldade de encontrar emprego, muitos brasilienses não conseguiram manter as contas em dia. Quem está com as faturas de água e luz atrasadas, entretanto, pode aderir aos programas de parcelamento oferecidos pelas empresas e conseguir prazo maior e juros mais baixos para quitar os débitos.



A aposentada Irene Augusta Oliveira, 69 anos, aproveitou a oportunidade para pagar as contas de água atrasadas, que somavam mais de R$ 6 mil. “Eu recebi um papel dizendo que tinha 15 dias para negociar. Era meu neto quem pagava a conta, mas ele ficou desempregado”, contou. Para conseguir um desconto maior, ela preferiu fazer um empréstimo consignado para pagar à vista. 

Quem está na mesma situação que a aposentada deve procurar uma agência da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb). O prazo para renegociação acaba amanhã. O desconto, de 99% dos juros monetários, vale para o pagamento à vista de contas vencidas até 30 de novembro de 2016.

Também há um programa aberto na Companhia Energética de Brasília (CEB). As faturas vencidas até dezembro de 2016 podem ser parceladas em até 60 vezes, sem juros e multas. Mas, para aproveitar os benefícios, é necessário estar com as contas deste ano em dia. Para aderir, basta ir a uma agência da CEB ou a um posto do Na Hora.


Microempreendedores

Os microempreendedores individuais (MEI) também têm a oportunidade de negociar as taxas mensais. A solicitação deve ser feita pelo Portal do Empreendedor, no site da Receita. Para isso, é necessário que o MEI tenha entregue a Declaração Anual Simplificada (DASN-Simei), mas caso não a tenha enviado, é possível fazer pelo site. O cálculo das guias atrasadas é feito de forma automática e o valor pode ser parcelado em até 120 meses, com mensalidades mínimas 
de R$ 50. O prazo para aderir vai até 2 de outubro.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário