DF Sem Miséria está atrasado; governo promete pagar até o fim do mês


 A Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Sedes-DF) informou que o pagamento da parcela do mês de maio do DF Sem Miséria será realizado até o fim deste mês para as 47.636 famílias que também recebem o auxílio emergencial. De acordo com o Governo do DF (GDF), o atraso ocorreu devido a um problema operacional do benefício na Caixa Econômica Federal, pois o programa é atrelado ao Bolsa Família. A Caixa, no entanto, desconhece qualquer falha processual interna e informou que o GDF precisa repassar os dados referentes aos pagamentos do DF Sem Miséria. O valor investido para este grupo de beneficiários é de R$ 5.862.780.

As outras 23.345 famílias que recebem o DF Sem Miséria e não fazem parte do auxílio emergencial já podem sacar o benefício. O valor da folha de pagamento para este grupo ficou em R$ 3.627.440.

Nas regras do programa do GDF, os beneficiários do Bolsa Família não podem receber o auxílio emergencial ao mesmo tempo e, por isso, precisam optar por um dos dois benefícios. A continuidade do DF Sem Miséria está garantida pelo Decreto nº 10.316, de 7 de abril de 2020.

As famílias que moram na capital do país que, após receberem os benefícios de transferência de renda e continuarem com o valor per capita (por pessoa) inferior a R$ 140, têm direito ao DF Sem Miséria. Para ser beneficiado pelo programa, também é necessário ser inscrito no Cadastro Único.



Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário