Acusado de matar bombeiro em assalto é preso em Samambaia

 

O homem acusado de matar o sargento José Raimundo Gabriel de Carvalho, do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, está preso. O suspeito foi encontrado em Samambaia Norte, horas após esfaquear e atirar na vítima durante um assalto, no início da noite de sábado (22/5), próximo a Estação Furnas, do metrô.

De acordo com o o delegado da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia), Rodrigo Carbone, a arma de fogo do bombeiro, usada pelo acusado para matá-lo, estava escondida em um colchão jogado em um terreno baldio, ainda suja de sangue. No momento do crime, o bombeiro levava a sobrinha numa parada de ônibus. A mulher dele, e a filha de apenas 3 anos, presenciaram o crime. 

Carbone informou que o autor surpreendeu a vítima com diversos golpes de faca, roubou a arma e disparou tiros contra José Raimundo, fugindo em seguida. A equipe de investigação o localizou e prendeu numa operação batizada de Karma. 

Nota de pesar

Em nota, o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) lamentou a morte do sargento. De acordo com o órgão, José era militar da Reserva Remunerada da corporação, e estava lotado no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CEFAP), unidade onde também atuou como instrutor. "A Corporação presta à família do militar, todo o apoio que é possível nesse momento de dor". 

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário