Pesquisa avaliará hábitos do brasiliense na pandemia


 

A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) e a Secretaria de Economia iniciaram a pesquisa de hábitos de circulação dos moradores do Distrito Federal, que tem como objetivo identificar a frequência dos brasilienses a locais específicos, tais como, supermercados, bancos, igrejas/templos religiosos, entre outros e, com isso, identificar os impactos da pandemia no dia a dia da sociedade.

“A ideia é entender como os moradores do DF circulam por localidades distintas. Por exemplo, quantas vezes vão ao shopping ou à academia, ou ao culto. Além disso, pela pesquisa vamos conseguir identificar como a pandemia impactou os hábitos da nossa população”, segundo Clarissa Schlabitz, Diretora de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Codeplan.

Realizada por telefone, Codeplan e Secretaria de Economia, pretendem detalhar os hábitos no DF e otimizar políticas públicas no enfrentamento à pandemia. O público-alvo do estudo é qualquer pessoa acima de 18 anos e não é solicitado dados pessoais ou bancários.

A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) e a Secretaria de Economia iniciaram a pesquisa de hábitos de circulação dos moradores do Distrito Federal, que tem como objetivo identificar a frequência dos brasilienses a locais específicos, tais como, supermercados, bancos, igrejas/templos religiosos, entre outros e, com isso, identificar os impactos da pandemia no dia a dia da sociedade.

“A ideia é entender como os moradores do DF circulam por localidades distintas. Por exemplo, quantas vezes vão ao shopping ou à academia, ou ao culto. Além disso, pela pesquisa vamos conseguir identificar como a pandemia impactou os hábitos da nossa população”, segundo Clarissa Schlabitz, Diretora de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Codeplan.

Realizada por telefone, Codeplan e Secretaria de Economia, pretendem detalhar os hábitos no DF e otimizar políticas públicas no enfrentamento à pandemia. O público-alvo do estudo é qualquer pessoa acima de 18 anos e não é solicitado dados pessoais ou bancários.


Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário