Após internação por Covid-19, paciente retorna para cuidar de equipe no Hospital de Samambaia



 Reconhecimento, por quem cuida de nós com tanta dedicação. Foi esse sentimento que tomou o coração da senhora Izeida Neves de Menezes, 57 anos, que após 2 semanas de internação no Hospital Regional de Samambaia ( HRSAM), teve alta hospitalar e saiu curada da COVID 19.   “Eu e minha família somos gratos por tudo que fizeram por mim”, Izeida, conta que durante toda sua internação foi muito bem atendida, e tratada sempre com muito carinho por todos. 


Na família da paciente, todos adoeceram esposo, filho, nora e neta. “Foi um período difícil, pois adoecemos todos. Então, tudo que vivi no HRSam, serviu para mudar nossa concepção sobre a saúde pública no DF”. A jovem senhora relata ainda que, “uma das coisas, que jamais esquecerei, foi à forma como tive o meu primeiro atendimento, fui recebida pelo Dr. Paulo Roberto, que atendeu a mim e a meu esposo com grande cordialidade, carinho e nos tranqüilizou”. 


Logo após consulta e exames complementares, a internação da senhora Izeida, foi considerada  a melhor conduta naquele momento. Daí, nasceu o grande sentimento, “ fui tão bem tratada, melhor do que muito hospital particular”. Após, o retornar para casa, ela e o esposo, decidiram retribuir tamanha gentileza.


Por três dias consecutivos, a família tem retornado para trazer o jantar da equipe, e dizem que pretendem estender para a semana inteira.  “a doença existe sim, tudo é muito recente, mas aqui  a equipe é muito boa, nos ajudou muito, desde o lado psicológico, até o tratamento com minha esposa” relembra Jurandy Antunes Leite, 60 anos

Dr. Paulo Roberto, médico plantonista, conta o que esse gesto representa “ tanto para mim, quanto para os colegas é gratificante, pois esse é o nosso trabalho, fazemos por amor. E, receber esse agrado, em forma de carinho, não tem preço”.


Nos últimos dias, a pausa para o jantar, tem sido um momento de descontração para toda a equipe do hospital.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário