Toque de Recolher continua em Samambaia com abordagens aos comércios e motoristas


 

Desde a sua criação, no dia 8 de março, a força-tarefa Toque de Recolher já realizou 232.372 vistorias em todo o Distrito Federal. Do total, 7.531 abordagens foram em estabelecimentos, sendo que 284 foram multados e outros 455, interditados.

No período de 16 dias, 47 pessoas foram multadas por descumprirem o toque de recolher e outras 28 foram autuadas por não estarem utilizando máscaras de proteção. O número de quiosques vistoriados chegou a 11.395, além de outros 892 abordados – ou seja, o fiscal precisou entrar no local para verificar se a documentação e tipo de atividade estavam em conformidade com o permitido. Ao todo, 2.800 ambulantes foram removidos.

“Temos muito a agradecer ao setor produtivo que tem nos ajudado nessa luta diária, com 95% de adesão às medidas de restrição. Ainda não é hora de relaxar. Precisamos continuar atentos para salvarmos o máximo de vidas possíveis, dos nossos familiares e dos nossos servidores”, avalia o secretário da DF Legal, Cristiano Mangueira.

O secretário falou da importância da vacinação para os fiscais da DF Legal e forças de segurança. “Nossas frentes de trabalho tiveram baixas em diversos órgãos nos últimos dias e sentiram o baque. Mas com a previsão de vacinação dos nossos fiscais e das forças de segurança, reacendeu a esperança, trazendo força para quem está à frente dessa batalha há 13 meses e que permanecerá até que vençamos essa pandemia”, disse.

A ação segue sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e reúne as forças de segurança – polícias Militar (PMDF) e Civil (PCDF), Corpo de Bombeiros (CBMDF) e Detran – Vigilância Sanitária, Brasília Ambiental, Procon e as secretarias DF Legal, de Mobilidade (Semob), de Agricultura (Seagri) e de Economia (Seec).

“Seguimos nesta batalha diária para conter a contaminação e a disseminação da covid-19. Em nenhum momento a segurança pública parou. Seguimos firmes, mas sentindo bastante por aqueles que infelizmente não conseguiram vencer essa doença. Por isso, é cada vez mais importante que a população contribua com as medidas, algo que estamos observando neste período em que nossas equipes estão nas ruas. A proximidade da vacinação dos agentes de segurança nos traz um pouco mais de segurança para que continuemos a realizar nosso trabalho”, ressalta o secretário de Segurança Pública, delegado Anderson Torres.

A DF Legal, com apoio da PMDF, fez, na quarta-feira (24), 13.297 vistorias a estabelecimentos comerciais por todo o Distrito Federal. Do total, 219 foram abordados, 16 multas foram aplicadas e 20 interdições foram feitas por descumprimento dos decretos de combate à covid-19.

O total de quiosques vistoriados na quarta-feira chegou a 857. Desses, 24 foram abordados e houve a retirada de 230 ambulantes. Três pessoas foram multadas por descumprirem o toque de recolher e outras duas por não usar máscara.

A PMDF abordou 132 veículos nos pontos de bloqueio em Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Planaltina e Lago Sul. Não houve registro de desrespeito ao toque de recolher pelos militares.

O CBMDF fez 30 operações nas regiões administrativas do Distrito Federal. Cento e cinquenta militares participaram da ação, com uso de 32 viaturas. Eles realizaram fiscalização em Planaltina, Brazlândia, Santa Maria, Lago Norte, Gama, Asa Norte e Sul, Sobradinho, SIA, Riacho Fundo, Candangolândia, Samambaia, Sudoeste, Recanto das Emas, Planalto, São Sebastião, Ceilândia Centro, Sobradinho, Ceilândia Centro, Brazlândia, Santa Maria, Taguatinga e Águas Claras.

A PCDF atuou com rondas em todas as regiões administrativas por meio das delegacias de área. Os policiais abordaram 499 pessoas e 102 veículos. Diariamente, cerca de 150 agentes são empregados na ação a partir das 22h. Eles orientam e fiscalizam a população sobre as medidas restritivas do decreto editado para conter a propagação da covid-19.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário