Homem que matou esposa em Samambaia aguardará julgamento em liberdade




Radialista na Rádio Federal, Evelyne Ogawa, de 38 anos, foi morta pelo companheiro, Vinícius Camargo, de 31 anos. O caso ocorreu no condomínio onde ela morava, em Samambaia, na noite de sexta-feira (26). No dia seguinte, o próprio autor do crime se apresentou voluntariamente na 26ª Delegacia de Polícia, localizada na região, para confessar o assassinato.



Segundo a Polícia Civil, "como o autor foi quem levou a comunicação do fato à Polícia, e acompanhado de seu advogado, conforme prevê a legislação, ele foi liberado. Logo, não encontra-se detido". Após a conclusão do inquérito, ele deve responder por feminicídio. 

Amiga da vitima, Renata Santos conta que conheceu Evelyne ainda antes do início do relacionamento com Vinícius. "Depois do relacionamento ela se afastou um pouco. Ela não era mais a mesma Evelyne que a gente conhecia", conta.

Segundo a amiga, a radialista não costumava dar detalhes do relacionamento. A vítima compartilhou que chegou a ficar grávida de Vinícius, mas perdeu a criança há cerca de quatro meses. "Ela estava sofrendo depressão. Pedia que a gente orasse por ela, e era o que eu fazia", conta.

Evelyne deixa um filho de sete anos. Segundo o colega de trabalho Luciano Lima, jornalista e radialista, eles trabalhavam juntos há oitos ano. Desde que começou o relacionamento Vinicius, Luciano quase não a via sem ele. Muito discreta, ela já havia comentado vagamente sobre a vontade de se separar, mas sem mais detalhes. O amigo e colega Idovan Araújo conta que era visível que ele era um homem agressivo.

Antecedente
Vinicius já havia, em 2017, agredido uma ex-namorada. Em entrevista ao Correio, na época, a vítima afirmou: "Tenho medo que ele volte para terminar o que começou". De acordo com ela, a agressão teria começado após uma discussão simples.Ela chegou a ficar desacordada. O segurança de uma ótica vizinha à casa pediu auxílio a duas viaturas policiais que passavam pelo local. Consta na ocorrência que "a Polícia Militar teve de arrombar a grade de entrada do apartamento, bem como a porta do quarto onde a vítima estava trancada para prestar o socorro devido". Na residência, os PMs teriam encontrado a mulher sentada na janela e com lesões no rosto e no pescoço.
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário