Logo do HTML Dog

Núcleo da ADRA de Samambaia expandirá infraestrutura nos próximos dias


 

Com mais de 280 mil habitantes, sendo a quarta Região Administrativa mais populosa do Distrito Federal, Samambaia possui muitos desafios socioeconômicos. A falta de qualificação e emprego refletem diretamente nas famílias da localidade. Com o objetivo de amenizar a gravidade deste cenário, o Núcleo da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) está ampliando seu espaço na localidade para atender mais pessoas.


Com 20 anos de atuação, todos os meses, dezenas de famílias são beneficiadas pela agência. O líder da ADRA para Brasília e Entorno, pastor Jeconias Neto, afirma que os espaços estão sendo reformados e restaurados para oferecer cursos como Estética Moderna, Informática com Ênfase em Redes Sociais, Gastronomia, corte e costura moderna, entre outros.


De acordo com Neto, parte dos recursos são próprios da Instituição e outra parte vem de uma emenda parlamentar do deputado federal Júlio César Ribeiro (Republicanos). “Além de recursos próprios da ADRA, recebemos essa emenda no valor de 300 mil reais para o projeto ‘Faz Teu Nome’, que vai oferecer formação e qualificação para jovens carentes da comunidade de Samambaia”, explica o líder.


No primeiro semestre deste ano, cerca de 100 pessoas serão beneficiados com os cursos. O público-alvo são jovens de 18 a 29 anos, da rede de assistência social de Samambaia, jovens encaminhados do CRAS, CREAS, instituições sociais, de coletivos da comunidade e escolas públicas.


As inscrições serão gratuitas. A expectativa é de que a partir do próximo mês seja lançado as informações para realização de matriculas.


O Núcleo ADRA de Desenvolvimento também trabalha para integrar indivíduos carentes à comunidade por meio de projetos que estimulam o empoderamento trabalhista e influencia no crescimento socioeconômico da região.


Projeto Inclusão sem Fronteiras


No local também acontece atividades do projeto Inclusão sem Fronteiras, que prevê a certificação e a qualificação profissional de venezuelanos e de migrantes de outros países sul-americanos, com as atividades educacionais.

O projeto é uma ação liderada pela Organização Internacional para as Migrações (OIM) em parceria com a Agência de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) e com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF). O financiamento é da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário