Homem se suicida em Samambaia após matar esposa em hospital



Um homem matou a esposa, na tarde desta segunda-feira (14), dentro de um hospital particular, em Ceilândia, no Distrito Federal. Shirley Rúbia buscava atendimento para a filha pequena e foi assassinada a facadas.

Conforme a assessoria do Hospital São Francisco, a vítima estava na ala pediátrica. O casal chegou junto com a criança, para uma consulta médica.
Ainda segundo a assessoria, "em determinado momento, o homem saiu do consultório. Pouco minutos depois, voltou com uma faca e atingiu a esposa".



"O médico e a filha do casal presenciaram o crime", disse a assessoria.

A mulher chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Conforme a Polícia Civil, depois de matar a esposa, Rafael Rodrigues deixou o hospital e foi encontrado morto em sua casa na Qr 512, em Samambaia sul. 

Averiguações preliminares dizem que o suspeito voltou para casa, em Samambaia, e se matou. Ainda não há informações sobre a motivação do crime. 



O Correio conversou com o irmão de Shirley Rúbia Gertrudes, de 39 anos, esfaqueada pelo ex-companheiro dentro da sala de pediatria do Hospital São Francisco, em Ceilândia, enquanto a filha do casal, de 4 anos,  era examinada pelo médico. Rubens Eurípides, 52, questiona o fato de o suspeito ter entrado armado na unidade de saúde.


A vítima trabalhava como segurança em um outro hospital da Asa Norte e tinha dois filhos, um de 17 anos, fruto de outro relacionamento, e a criança de 4, filha do casal, que presenciou o assassinato. "Ela sempre me apoiava, me dava forças. E agora teve esse fim. Como que vou fazer agora", desabafou Robson.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário