Líbano: explosão deixa 50 mortos e mais de 2,7 mil feridos, diz governo



As autoridades do Líbano começam a contabilizar as vítimas da tragédia que assolou Beirute nesta terça-feira (4/8). Segundo a agência estatal de notícias do Líbano (NNA), com informações do Ministério da Saúde do país, são 50 mortos e mais de 2,7 mil feridos.
Era por volta de 12h30 no Brasil, 18h no horário local, quando uma forte explosão ocorreu na região portuária de Beirute. Ainda não se sabe o que causou a explosão. O presidente libanês, Michel Aoun, está reunido com o Conselho Supremo de Defesa do país para uma reunião de emergência no Palácio Baabda, sede do governo local, e convocou o Exército.

O primeiro-ministro do Líbano, Hassan Diab, disse em entrevista à imprensa local, que ” responsáveis vão responder pela grande catástrofe e fatos sobre o depósito serão revelados”.
O galpão que centraliza as suspeitas da explosão funcionava desde 2014. As forças de segurança locais acreditam que materiais explosivos estavam guardados no armazém.
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário