"Lockdown em Samambaia é medida extrema, mas não está descartado." diz Ibaneis


Após o aumento no número de casos do novo coronavírus em algumas regiões do Distrito Federal, o governo declarou, na manhã desta quarta-feira (3) que o lockdown pode ser uma alternativa. O bloqueio total das atividades estaria sendo pensado para Ceilândia, Pôr do Sol, Samambaia e Estrutural.

"Lockdown é medida extrema, mas não está descartado."
A declaração partiu de um dos coordenadores de comunicação do GDF, Paulo Pestana. Segundo ele, o governador Ibaneis Rocha (MDB) "está muito preocupado com o aumento de casos nessas cidades"

No último do domingo (31), Ibaneis chegou a publicar um vídeo onde pedia às pessoas que usem máscaras e evitem sair de casa (veja abaixo). "Por favor, sigam as orientações, fiquem em casa, só saiam se for necessário. E você, comerciante, que agora tem possibilidade de retomar as suas atividades, faça isso com responsabilidade, não nos obriguem a tomar medidas mais duras", afirmou.
"Os casos aumentaram demais nesses locais, há muita gente agindo como se nada estivesse acontecendo. O lockdown é caso extremo, mas não está fora da mesa", disse o porta-voz do governo.

No último boletim da Secretaria de Saúde, divulgado no começo da tarde desta quarta-feira, o Distrito Federal somava 11.398 casos do novo coronavírus e 167 óbitos de moradores desde o início da pandemia. Outras 14 pessoas, vindas de outros estados, morreram nos hospitais da capital – no entanto, segundo a pasta, essas mortes são contabilizadas nas regiões de origem das vítimas.
Ceilândia, que inclui os números do Sol Nascente e do Pôr do Sol, onde é cogitado o lockdown, lidera o número de casos e de mortes pela Covid-19 no DF:
Ceilândia: 1.233 casos e 36 mortes
Plano Piloto: 1.035 casos e 11 mortes
Taguatinga: 782 casos e 7 mortes
Samambaia: 771 casos e 23 mortes
Águas Claras: 475 casos e 10 mortes
Gama: 463 casos e 8 mortes
Planaltina: 436 casos e 7 mortes
Guará: 423 casos e 10 mortes
Sobradinho I: 359 casos e 4 mortes
Santa Maria: 340 casos e 6 mortes
São Sebastião: 255 casos e 3 mortes
Paranoá: 264 casos e uma morte
Recanto Das Emas: 224 casos e 10 mortes
Lago Sul: 207 casos e 2 mortes
Sudoeste/Octogonal: 193 casos e 4 mortes
Scia (Estrutural): 220 casos e 4 mortes
Riacho Fundo I: 181 casos e 5 mortes
Brazlândia: 158 casos e 3 mortes
Vicente Pires: 151 casos e uma morte
Lago Norte: 138 casos e uma morte
Jardim Botânico: 120 casos e 2 mortes
Cruzeiro: 101 casos, sem mortes
Núcleo Bandeirante: 93 casos e 2 mortes
Parkway: 71 casos e uma morte
Itapoã: 61 casos e uma morte
Riacho Fundo II: 56 casos e uma morte
Sobradinho II: 46 casos, sem mortes
Candangolândia: 40 casos e uma morte
Fercal: 11 casos e sem mortes
Varjão do Torto: 9 casos, sem mortes
S I A: 4 casos, sem mortes


Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário