Criminosos esquartejaram vítima e esconderam restos mortais dentro de mala



GIP TELECOM
Investigadores da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) ainda juntam as últimas peças para esclarecer um crime brutal no Itapoã. Um homem identificado como Danilo teve o corpo esquartejado, colocado dentro de uma mala e enterrado, entre a noite de sexta-feira (29/05) e a madrugada de sábado (30/05). Quatro suspeitos foram identificados e três acabaram presos em flagrante. Na DP, tanto os detidos quanto testemunhas ouvidas narraram a frieza dos suspeitos, como o fato de eles terem ido comer pizza após assassinar a vítima com requintes de crueldade.


De acordo com os depoimentos colhidos na unidade policial, Danilo (sobrenome ainda não identificado), de 19 anos, estava em uma festa regada a drogas e álcool na casa de um dos acusados pelo crime, identificado como Josimar da Penha Santos, 33 anos. No local, se divertiam também os outros suspeitos — João Paulo Fonseca Sousa, 22, Wemerson da Penha Batista, 26, e Adrian de Oliveira da Silva, 19. No imóvel, estava ainda um grupo de mulheres e homens, que não participou do homicídio.

João Paulo contou aos policiais que a festa ocorria na casa de Josimar, mais conhecido como Coroa, na região do Itapoã. No local, havia consumo de drogas como LSD, cocaína, maconha e rohypnol. No decorrer do evento, houve uma confusão entre Danilo e Josimar. O pivô do desentendimento seria a namorada de Josimar, que estava na festa. A vítima foi cercada, espancada e sofreu diversas perfurações pelo corpo, com tesoura e canivete.
Já na manhã seguinte, o grupo foi até um terreno nos fundos do Fórum do Itapoã, onde abandonaram a mala. Preocupados, os suspeitos retornaram ao local mais uma vez, para enterrar a mala, já na manhã de domingo (31/05).
Na mesma tarde, todos se reuniram para comer uma uma pizza e tentar fazer um pacto de silêncio a fim de manter o crime em sigilo. No entanto, as informações chegaram até policiais da 31ª DP (Planaltina), que acionaram os investigadores na unidade do Paranoá.
Entre os presos, Josimar está foragido. Ele é irmão de Wemerson.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário