Casos de Coronavírus em Samambaia cresceu 1.073% em maio




No total de infectados, somente do dia 1º de maio até a segunda-feira (01/06), o aumento de pessoas com teste positivo para a Covid-19 foi de 579%. A capital passou de 1.546 ocorrências para 10.510, de acordo com o último balanço do Painel Covid-19, alimentado pelo GDF.
Com os números computados até o início da tarde desta terça (02/06), a porcentagem aumenta. A cidade chegou a 10.648 casos, ou seja, um crescimento de 588,7%. Por outro lado, entre segunda e terça, não houve registro de mortes.
Em 1º de maio, Ceilândia era a quinta colocada entre as 31 regiões administrativas do DF. A cidade mais populosa da capital, com cerca de 500 mil habitantes, tinha 72 casos. Plano Piloto, Águas Claras e Lago Sul eram, disparados, os primeiros da lista de pessoas com a Covid-19 confirmada por meio de testes. Os números absolutos eram de 231, 158 e 78 infectados, respectivamente. 
Em 30 dias, o perfil inverteu-se. A Covid-19, que entrou no DF por meio de pessoas que viajaram ao exterior, alastrou-se pelas cidades com baixa renda. De quinto lugar, Ceilândia passou para o topo da curva. A quantidade de contaminados com coronavírus subiu1.380%. De 72 casos, a região passou a contabilizar 1.066.
Taguatinga, que figurava em sétimo lugar saltou para terceiro lugar. O crescimento foi de 1.160%, de 55 para 693 casos confirmados. A cidade fica atrás do Plano Piloto, que cresceu muito menos em percentual, uma marca de 312%, mas se manteve no topo do contágio com 952 doentes.
A mesma inversão ocorreu em Samambaia, com incremento de 1.073%; Planaltina, de 1.351% a mais; Santa Maria, com 922% ; Sobradinho, com 871%; e Guará, com 434%.
Veja no gráfico os números absolutos de infectados nas regiões até 1º de junho:


20010080604020240




220
180160140120São SebastiãoGamaSudoesteTaguatingaSamambaiaCeilândiaGuaráLago SulÁguas ClarasPlano Piloto



Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário