GDF endurece penas para comércios que insistem em continuar abertos



O Distrito Federal passou a ter uma nova rotina a partir da publicação do Decreto 40.539/2020. Com ele, a grande maioria dos comércios teve de fechar as portas como forma de prevenção à Covid-19 e pelo bem da saúde coletiva. Mesmo assim, alguns ainda resistem e cabe ao DF Legal, com apoio da PMDF, a missão de orientar comerciantes e ambulantes.



Foram fiscalizadas 1.286 estabelecimento até às  21 horas deste sábado as cidades de Águas Claras, Taguatinga, Santa Maria, Recanto das Emas, Estrutural, Fercal, Sobradinhos I e II, Arapoanga, Gama, Brazlândia, Vicente Pires, Asa Sul, Vila Planalto e Ceilândia.

Ficam excluídos da suspensão:

– clínicas médicas, laboratórios, farmácias
– supermercados
– lojas de materiais de construção e produtos para casa atacadistas e varejistas
– minimercados, mercearias e afins
– padarias (exclusivamente para venda de produtos)
– açougues, peixarias
– postos de combustíveis e
– operações de delivery
-Lotéricas 
Serviço
Dúvidas ou denúncias sobre comércios abertos podem ser realizadas nos números 162, opção 2, ou 190 ou ainda nos números fixos da Secretaria 3961-5125/5126 (primordialmente dúvidas e informações).

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário