Ministério Público do DF fiscaliza UPA de Samambaia

Resultado de imagem para upa de samambaia


Dois promotores de Justiça e três servidores — um deles do Setor de Perícias e Diligências, responsável pelo assessoramento técnico pericial do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) — deflagram nesta sexta-feira (29/11/2019) a segunda fase da Operação Diagnose.
Eles vão às seis Unidades de Pronto Atendimento (UPA) com o objetivo de conferir se os problemas identificados na inspeção anterior, realizada há um ano, foram solucionados. O intuito da ação é fiscalizar as políticas públicas de saúde.


Este ano, uma inovação é o uso de formulário eletrônico para conferir se as unidades têm a estrutura mínima para funcionamento. Desde maio, as UPAs são geridas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF).
Importância
O MPDFT destaca a importância da operação, uma vez que esse tipo de unidade “é a porta de entrada do cidadão na rede pública de saúde para os casos de baixa complexidade (sem risco de morte)”.
Atualmente, há seis UPAs no DF: Ceilândia, Núcleo Bandeirante, Recanto das Emas, Samambaia, São Sebastião e Sobradinho.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário