População de Samambaia deve se vacinar contra o sarampo



Os moradores do Distrito Federal devem se vacinar contra o sarampo. A Campanha Nacional de Vacinação contra a doença começa nesta segunda-feira (7/10). A primeira etapa, que vai até 25 de outubro, tem foco nas crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias). O Dia D de mobilização acontecerá no dia 19.


A segunda etapa acontecerá entre os dias 18 e 30 de novembro e terá como público-alvo os adultos jovens com idade entre 20 e 29 anos. O dia D desta fase está marcado para 30 de novembro.
“É preciso interromper a circulação do sarampo no país, uma doença viral aguda, que traz muitas complicações para as crianças, que são mais vulneráveis e sensíveis à doença”,  reforça o secretário de Saúde, Osnei Okumoto,
A iniciativa destina-se a atualizar o cartão de vacina com a Tríplice viral, que, além de defender contra rubéola e caxumba, também protege contra o sarampo.
“O objetivo da campanha é fazer uma busca de quem precisa se vacinar, por isso a importância de resgatar o cartão de vacina e levar aos postos. Porém, o foco é para um público mais específico, pois as crianças apresentam maior incidência e maiores complicações, como cegueira e até mesmo o óbito”, ressalta a técnica de Imunização da Gerência de Vigilância das Doenças Imunopreveníveis de Transmissão Hídrica e Alimentar, Fernanda Ledes.

A cobertura da tríplice viral, no DF, de janeiro a agosto, alcançou 86,9%. Conforme levantamento realizado pela Gerência de Imunização da pasta, de janeiro a 21 de setembro de 2019, foram investigados 175 casos suspeitos de sarampo no DF, sendo três confirmados, 133 descartados e 39 ainda em investigação.
A Secretaria de Saúde quer aumentar a prevenção contra a doença. “É muito importante que haja efetividade na cobertura vacinal da população do Distrito Federal, principalmente das crianças, tendo em vista que o vírus continua circulando no país”, alerta a gerente da Imunização da pasta, Renata Brandão.

No Dia D, os postos de vacinação do Distrito Federal estarão funcionando das 8h às 17h, ininterruptamente. Nos demais dias da campanha, a vacina estará disponível conforme a rotina das salas de vacinas do DF, que funcionam de segunda a sexta-feira em horários específicos de cada local.
Dose Zero
A primeira dose da vacina para o público infantil é chamada de Dose zero. Assim, além desta dose, a ser aplicada no dia 25 deste mês, os pais ou responsáveis devem levar os filhos para tomar a tríplice viral aos 12 meses de idade (1ª dose). Aos 15 meses (2ª dose), precisam da tetra viral ou da tríplice viral + varicela. A vacinação de rotina das crianças deve ser mantida, independentemente do planejamento de viagens para os locais com surto ativo do sarampo ou não.
Doença
O sarampo é uma doença viral aguda de alta transmissibilidade. É suspeito de ter a enfermidade o indivíduo que apresente febre, alta acima de 38,5ºC, e manchas avermelhadas pelo corpo, acompanhadas de um ou mais dos seguintes sinais e sintomas: tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite, independentemente da idade e da situação vacinal.
Caso a pessoa apresente os sinais e sintomas da enfermidade, deve procurar a unidade básica de saúde (UBS) mais próxima e informar ao profissional sobre sua situação e dizer se teve contato com algum caso suspeito. Recomenda-se que as pessoas com suspeita de portar a moléstia evitem deslocamentos desnecessários devido à doença ser altamente contagiosa.
* Com informações da Secretaria de Saúde

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário