Moradores com suspeita de dengue devem procurar a UPA e Hospital Regional de Samambaia



A Secretaria da Saúde do Distrito Federal divulgou, nesta segunda-feira (8), novo boletim epidemiológico da dengue. Segundo o levantamento, até o dia 29 de junho deste ano, foram registrados 34.009 casos prováveis da doença na capital.
]
O total representa crescimento de 9% em uma semana. O último boletim, com dados até o dia 22 de junho, apontava 31.154 casos prováveis de dengue no DF.

As ocorrências de mortes pela dengue também cresceram em comparação com as últimas informações divulgadas pela Secretaria de Saúde. Agora, a capital federal contabiliza 33 óbitos. Até então, 31 pessoas tinham morrido em decorrência da doença.

A Região de Saúde Norte, que engloba Planaltina, Sobradinho e Fercal, continua sendo a região com maior número de casos de dengue. Até o dia 29 de junho, foram 6.381.

A Secretaria da Saúde do Distrito Federal divulgou, nesta segunda-feira (8), novo boletim epidemiológico da dengue. Segundo o levantamento, até o dia 29 de junho deste ano, foram registrados 34.009 casos prováveis da doença na capital.
O total representa crescimento de 9% em uma semana. O último boletim, com dados até o dia 22 de junho, apontava 31.154 casos prováveis de dengue no DF.

As ocorrências de mortes pela dengue também cresceram em comparação com as últimas informações divulgadas pela Secretaria de Saúde. Agora, a capital federal contabiliza 33 óbitos. Até então, 31 pessoas tinham morrido em decorrência da doença.
A Região de Saúde Norte, que engloba Planaltina, Sobradinho e Fercal, continua sendo a região com maior número de casos de dengue. Até o dia 29 de junho, foram 6.381.

Fim das tendas

Apesar dos números altos, o governo do DF desativou, em 30 de junho, as tendas de hospital de campanha para hidratação de pacientes com suspeita de dengue. A justificativa apontada pelo GDF é de que o atendimento "apresentava declínio".
"As tendas já cumpriram seu papel", afirmou o subsecretário de Atenção Integral à Saúde, Ricardo Ramos.
Agora, quem precisa de atendimento deve recorrer às unidades básicas de saúde, às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e aos hospitais regionais, Pacientes com suspeita de dengue devem procurar a UPA e Hospital Regional de Samambaia
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário