“Escola de Samambaia vai receber reformas dentro de um ano”, garante Ibaneis



O Governador Ibaneis Rocha (MDB) prometeu resolver os problemas de infraestrutura das escolas públicas do Distrito Federal no prazo de um ano. O Metrópoles noticiou, neste domingo (28/07/2019), o fechamento de colégios públicos por falta de obras necessárias para garantir a segurança de alunos e professores, a exemplo da Escola Classe 52 de Taguatinga, interditada pela Justiça. O chefe do Executivo assumiu o compromisso nesta manhã, durante a entrega das obras de ampliação da marginal de Vicente Pires.

“Nós vamos executar todas essas obras. Estamos olhando todos os projetos e, no prazo de um ano, vamos ter todas as nossas escolas bem colocadas no ranking das reformas”, prometeu. Para o segundo semestre deste ano, as turmas do colégio de Taguatinga foram transferidas emergencialmente a outras unidades da rede pública. Já a Escola Classe 50 de Ceilândia e a Escola Classe 425 de Samambaia apresentam graves problemas estruturais. Pesquisa no Sistema Integrado de Gestão Governamental (Siggo) apontou uma queda nos investimentos entre o primeiro semestre de 2018 e o mesmo período de 2019.

“A grande maioria dessas obras do DF não tinha projetos para realizar, não sei se é porque os governantes anteriores não acreditavam em fazê-las. Então, agora estamos acelerando essa questão”, assinalou Ibaneis. Nesse sentido, o GDF contratou empresas para elaboração de projetos, que deverão ser executados pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap). “Dinheiro não falta. Então, nós vamos entrar em um grande plano de reforma de todas as escolas”, completou.

Segundo Ibaneis, o atraso na liberação do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (Pdaf) ocorreu neste ano porque o governo passado, sob comando de Rodrigo Rollemberg (PSB), não tomou as providências para a liberação da verba. A rubrica é destinada a pequenas obras e compra de material didático. De acordo com o emedebista, a gestão atual está focando no pagamento nas parcelas deste ano, mas tomará as providências para sanar o débito de 2018.



Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário