Casos de dengue em Samambaia sobe na primeira quinzena de julho


A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) investiga a 34ª morte por dengue na capital do país em 2019. Boletim epidemiológico divulgado pela pasta nessa segunda-feira (22/07/2019) aponta crescimento no número de casos prováveis da doença registrados.

Segundo o levantamento, 36.389 brasilienses contraíram dengue entre janeiro e 13 de julho deste ano. Do total, 33 pessoas morreram, e um outro óbito, agora, é alvo de investigação da Saúde.

O número de casos é 3,4% maior do que o encontrado no último boletim divulgado, no dia 15 de julho. Na época, a SES-DF informou que 35 mil brasilienses teriam contraído a doença em 2019.

O documento mostra que as cidades de Fercal, Varjão, Samambaia e Riacho Fundo estão com elevados registros na primeira quinzena de julho. De acordo com a Saúde, o fato indica que a intensidade do frio e ausência prolongada de chuvas “não estão sendo suficientes para a interrupção absoluta da transmissão de dengue no DF em 2019”.

A região norte, que abrange as cidades de Planaltina, Sobradinho e Fercal, segue sofrendo com a presença do mosquito. Ao todo, foram 7.439 episódios e 10 mortes nessas localidades.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário