Tenda de hidratação em Samambaia terá funcionamento prolongado




O funcionamento dos dez centros de hidratação erguidos pelo Governo do Distrito Federal para atender os pacientes com suspeita de dengue será prorrogado até o dia 30 deste mês. Caso a demanda apresente queda expressiva, esse prazo poderá ser reduzido.


“As tendas estão cumprindo a sua missão, que é a de resolver mais de 98% dos casos suspeitos de dengue”, destaca o subsecretário de Atenção Integral à Saúde, Ricardo Ramos. “Nosso objetivo, com essas unidades, foi garantir a assistência ao cidadão”.
De acordo com o gestor, desde 25 de maio, quando esse sistema começou a funcionar, apenas 2% dos que procuraram atendimento precisaram de remoção para os hospitais. O restante teve sua situação de saúde solucionada nos centros de hidratação.
Conforme o levantamento da Coordenação de Atenção Primária, em 19 dias de atuação dos profissionais de saúde nas tendas, 21.974 pessoas foram atendidas, sendo que, desse total, 15.550 tiveram notificação de suspeita de dengue. A produção dessas unidades resultou na hidratação e medicação de 4.369 pacientes. Durante todo esse período, 452 remoções foram feitas aos hospitais.

 O centro de hidratação foi aberto no estacionamento atrás do Hospital Regional de Samambaia (HRSam), para atender exclusivamente a pessoas com suspeita de dengue. Um médico, um enfermeiro e três técnicos de enfermagem estão trabalhando na tenda. O horário de funcionamento será das 7h às 19h. Em uma hora de atuação, oito atendimentos foram realizados.


Com informações da Secretaria de Saúde
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

1 comentários:

  1. Tão de parabéns pelo atendimento excelente à populacão,fui bem atendida e fiz rapidamente o exame de sangue .fazem 15 dias que apareceram os sintomas da dengue e graças a Deus estou bem agora , depois de dias quase morrendo de tanta dor . Vamos cuidar gente ,não deixem esse mosquito viver.

    ResponderExcluir