Paixão do Cristo Negro visto por quem faz em Samambaia



Repórter: Elton Scartazzini
A Paixão do Cristo Negro é um projeto iniciado em Samambaia/DF em 1997, para promover a arte e a fé. O espetáculo reúne milhares de pessoas que se emocionam com temas antigos atualizados para a realidade presente. O envolvimento de quem faz o trabalho é tão intenso que muitos acabam trazendo a arte pra dentro da própria vida. Desse modo a Paixão do Cristo Negro se torna uma verdadeira escola de teatro.


Bené Carvalho, 53, rodoviário e pedagogo, participa desde 2000. “Já fui apóstolo, Lívio, Herodes, doutor da lei... O teatro transforma as pessoas, elevando a saúde física e mental. Quem me convidou foi a diretora Verônica Moreno que me levou a atuar também em outros espetáculos, como ‘Romeu e Julieta Armorial’, ‘Lampião e o Universo Paralelo’ e ‘Linhas, Agulhas e Retalhos’. Minha vida nunca mais foi a mesma!” 

SAM GÁS

Tauana Barros, 28, é atriz, cenógrafa, coreógrafa, aderecista, iluminadora e sonoplasta. “Participo desde 2004 deste projeto onde aprendi minhas profissões e criei laços sociais, saudosos e alegres”. “A Paixão do Cristo Negro é uma história milenar que está na nossa cultura. Aqui convive além das mídias digitais”, diz Wanderson Barros, 25, ator, coreógrafo, pesquisador de arte popular e cabo do exército brasileiro.


Letícia Azôr, 18, atua como modelo, atriz, assistente administrativa e de figurinos. “Eu nasci na Paixão do Cristo Negro, pelo envolvimento dos meus pais com o projeto. Quando criança eu esperava ansiosa o tempo da paixão que me fez crescer mais humana e gentil. Este trabalho junta arte, política, questões sociais e culturais que aumentam nossa sensibilidade e empatia com o mundo a nossa volta”, diz ela.


Kaah Silva (nome artístico), 14, é estudante, quadrilheira, luta jiu-jitsu e judô. “Minha mãe me levava pra assistir e eu queria fazer parte deste espetáculo. Em 2018 fui convidada e aceitei prontamente. Estou feliz e esperançosa”. Antônio Carlos, 23, é estudante de publicidade. ”Comecei, em 2018, porque acho um projeto importante, social e culturalmente. O que me motiva é o trabalho feito com amor e dedicação”.


Serviço:

21ª edição Paixão do Cristo Negro em Samambaia/DF
Ensaios: sábados e domingos no Centro Educacional 304
Data: 19 e 21/04/2019
Local: a definir
Mais informações: (61) 98497.5145 (Gilberto) e 98525.1351 (Deivid)
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário