Distritais nomeiam 265 servidores comissionados para novos gabinetes

JB SOLUÇÕES
A edição desta quarta-feira (2/1) do Diário da Câmara Legislativa (DCL) trouxe a nomeação de 265 servidores comissionados para os gabinetes dos novos 17 deputados. Eles substituem parte dos 514 exonerados que trabalhavam para os distritais e não seguiram na Casa.
O maior número de nomeações – 35 – atendeu o distrital Martins Machado (PRB) e o partido dele. Como é comum entre os membros da legenda, a maioria dos funcionários assessorava na última legislatura o correligionário Julio Cesar, que foi eleito para a Câmara Federal, e, entre 2011 e 2014, o ex-deputado Evandro Garla.
De uma forma geral, os servidores que conseguem ser realocados de uma legislatura para outra são técnicos legislativos, assessores de plenário e assessores de comunicação, porque têm maior conhecimento sobre as pautas e andamentos na Casa.
No entanto, duas nomeações chamaram atenção nesta quarta. Entre as novas assessoras da Câmara Legislativa do Distrito Federal estão as ex-deputadas Telma Rufino (Pros) e Luzia de Paula (PSB). Telma foi nomeada para o gabinete da liderança da própria legenda e terá salário de R$ 15.148,75. Já Luzia ocupará um posto no gabinete da liderança do PSB, recebendo R$ 19.761,77.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário