Artista chama a atenção ao ser fotografado nos "Lixões de Samambaia"


O artista Negro Val, nasceu no Piauí mas resolveu mudar para a cidade de Samambaia há cinco anos onde viu na dança e na fotografia um meio de conscientizar a população de Samambaia a cerca dos "Lixões espalhados por toda cidade.

 Os lixões me motivaram por muitos motivos. Más o principal é que desenvolve um processo de ocupação de espaços com um espetáculo ação que chama se DANÇO PORQUE NÃO SEI VOAR.

Artista e professor de libras, Sempre buscou desenvolver e modificar de muitas fôrmas, em Samambaia, vem atuando junto ao movimento Cultural está sempre em constate diálogo com a comunidade.

A proposta do Artista é buscar formas de transformações em meio aos lixões de Samambaia e conscientizar a população através da dança e da fotografia, para o artista, e cultural a população jogar entulhos em terrenos e áreas abertas.

Com as fotos tiradas de Tiago Silva Guedes e a produção de Paulo Gomes de Souza, Vicente de Paula e Regis Silva, as fotos são intituladas " Lixões de Samambaia" constata a real importância de se transformar o mundo em que vivemos.

Edição "Lixões de Samambaia"
Transforma-se, uma maneira de se transformar no mundo.


Negro Val
Fotos Tiago Silva Guedes
Produção Paulo Gomes De Souza Vicente de Paula e Regis Silva
Samambaia DF
Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário