Operação Diagnose: Ministério Público inspeciona UPA de Samambaia


O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios deflagrou na manhã de hoje (20/11) a Operação Diagnose com objetivo de inspecionar e seis UPAS do DF.

Os titulares das Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus), Regional de Defesa dos Direitos Difusos (Proreg) e Promotoria Criminal vão fiscalizar as unidades localizadas em Ceilândia, Núcleo Bandeirante, Recanto das Emas, Samambaia, São Sebastião e Sobradinho.

Diagnose, o nome da operação, é uma palavra de origem grega que significa diagnóstico.

O foco da operação será em três áreas: recursos humanos ( presença ou ausência de todos os servidores lotados nas UPAS), estrutura física e medicamentos.

Os promotores de Justiça vão verificar se os profissionais estão cumprindo a jornada de trabalho estabelecida, como estão as condições dos prédios e equipamentos e o abastecimento de medicação das farmácias.

Após a operação, serão apuradas eventuais as responsabilidades criminal, disciplinar e de improbidade administrativa dos servidores que abandonarem a função.

Também será elaborado relatório com recomendações e requisições à Secretaria de Saúde. Se necessário, ações serão ajuizadas na Justiça para cobrar providências.

UPA
A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) é a porta de entrada do cidadão na rede pública de saúde para os casos de baixa complexidade (sem risco de morte).

Estabiliza os pacientes e realiza a investigação diagnóstica inicial para definir a necessidade ou não de encaminhamento a serviços hospitalares de maior complexidade.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário