Bombeiro sequestrado com filha em Samambaia: “Tive 100% de certeza que iria morrer”


Dois dias depois de ser sequestrado com a filha em frente a uma residência em Samambaia, o bombeiro militar de 48 anos relembrou os momentos de terror que viveu. Ele disse ter certeza que os criminosos iam lhe matar.
“Tive 100% de certeza que iria morrer”, afirmou. A vítima comentou também que apenas pensava em salvar a filha caçula, de 2 anos. “Em um primeiro momento, eu fiquei calmo. Havia só um assaltante no carro e estava negociando para ele nos liberar. Depois que outros quatro comparsas entraram na caminhonete, me desesperei”, comentou.
O bombeiro contou que entrou em luta corporal com os suspeitos e os bandidos foram muito agressivos. “O meu rosto pingava sangue com a coronhada que levei. A minha filha chorou muito e estava assustada. Cheguei a desmaiar. Quando retomei a consciência, ela estava no colo de um dos bandidos com uma arma apontada para a cabeça. Foi a pior sensação”, acrescentou.
Depois do susto, na manhã desta sexta-feira (16/11), a criança voltou a brincar. “Ontem (quinta) ela não estava me olhando. Só queria a mãe e chorava muito. À noite, já veio pendurar no meu pescoço, como de costume. Estamos aliviados e muito agradecidos por termos sobrevivido. Só queremos retomar a nossa rotina”, destacou.
O bombeiro preparava o carro para viajar no feriado de 15 de novembro com a família, quando foi abordado por um suspeito armado. Ele havia tirado a filha da cadeirinha e foi colocado no banco traseiro onde ficou sob a mira de um revólver.
Crime
Cerca de 20 minutos depois, outros quatro homens entraram no veículo. Após ser agredido pelos criminosos, o pai da menina decidiu pular do veículo em movimento ao ver uma viatura da PM saindo de um posto de gasolina.
Diante da cena inesperada, os policiais deram ordem de parada por meio dos sinais luminosos e sonoros. Nesse momento, os bandidos saíram em disparada e se envolveram em um acidente na altura da QR 621. Mesmo assim, só pararam em uma chácara, após bater em uma casa. Uma viatura chegou a capotar durante a perseguição. A criança foi resgatada sem ferimentos e bastante assustada.
Os sequestradores fugiram por uma mata mas três deles foram encontrados e presos em flagrante na manhã de quinta (15). Policiais da Rotam receberam informação que um veículo que estava dando cobertura no roubo da caminhonete rodava nas ruas do Recanto das Emas. Os militares foram para cidade e, após patrulhamento, encontraram o carro.
Com a aproximação da viatura, os ocupantes do veículo atiraram contra os policiais e fugiram em alta velocidade. Houve troca de tiros e o carro foi abordado. Um dos homens acabou alvejado e socorrido ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT). Outros dois homens foram presos, encaminhados à delegacia e reconhecidos pela vítima.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário