Usuários de ônibus de Samambaia poderão pagar passagem com cartão de débito

A partir desta quarta-feira (19/9), os usuários do transporte público do Distrito Federal poderão pagar a passagem com cartão de débito que contenha a tecnologia contactless. A experiência faz parte de uma parceria envolvendo Secretaria de Mobilidade, Mastercard e Banco de Brasília (BRB).

Nesta primeira fase, o serviço funcionará em nove ônibus articulados e identificados da empresa Urbi que fazem trajetos entre Samambaia e Recanto das Emas. O validador dos coletivos continuará o mesmo. Porém, será instalada neles a tecnologia wireless para funcionar como uma máquina de cartões de débito.
Até a primeira quinzena de outubro, o serviço estará disponível em 65 ônibus da mesma empresa. “A nossa pretensão é que uma frota de 500 veículos tenha a tecnologia até o final de 2018. Depois, o serviço será ampliado para todo o sistema”, disse o secretário de Mobilidade Fábio Ney Damasceno.
Segundo ele, o usuário poderá usar o cartão, telefone celular e até o relógio que tenha a antena wireless no validador do coletivo. “O cartão de débito que você usa em qualquer lugar estará disponível para esse fim”, completou Damasceno. O cartão pode ser adquirido pelo site da BRB Card a custo zero.
Serviço
Intitulado Cartão Mais Cidadão, o produto será multifuncional e poderá ser usado para compras e outros serviços, como um cartão de débito comum. “A maior vantagem é a inclusão social. É um cartão pré-pago. As pessoas carregam com valores e não terão mais a necessidade de andar com dinheiro para pagar passagem“, explicou Damasceno.
O chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio, classificou o serviço como inovador. “Isso facilita a vida em diversas situações. Esse cartão abrirá inúmeras possibilidades ao cidadão do DF. Futuramente poderá ser usado também para outras atividades do dia a dia. Com isso, entraremos numa nova era do transporte público em Brasília.”
A parceria entre um banco local e um serviço multifuncional é a primeira da América Latina, segundo afirmou o chefe da pasta. A medida promete facilitar a vida das empresas e dos usuários, visto que muitas vezes falta troco. No Distrito Federal, cerca de 1,5 milhão de pessoas utilizam o sistema de transporte público diariamente.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário