Vítima conta relato de assedio sexual dentro de metrô em Samambaia



O fato aconteceu na estação metrô furnas em Samambaia por volta das 14 horas desta segunda, 27 de agosto, o metrô seguia destino plano piloto.

Ana " nome fictício" contou detalhes
“Eu estava sentada no fundo do vagão do metrô quando ele colocou a mochila por cima do órgão genital e começou a se masturbar. Assustada pedi ao rapaz que estava sentado ao lado e pedi para trocar de lugar. Com medo e assustada não tive reação a não ser sair daquele local".

Ela conta ainda que ele olhava para ela com um olhar que queria fazer algo com ela, e que por medo da reação dele não chamou binguem. 


 Como agir nesses casos de assédio no transporte público:
Toda mulher que tiver o seu corpo tocado por desconhecidos deve fazer uma denúncia. O primeiro passo é dar um dar um grito de advertência para que as pessoas ao redor percebam o que está acontecendo e intercedam em seu favor. Esses cidadãos também podem servir de testemunhas na delegacia. Além disso, é importante que a mulher reúna o máximo de informações sobre o agressor para ajudar na identificação: um sinal físico, roupa específica ou tatuagem.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário