"Samambaia é uma cidade que sempre precisará de grandes investimentos, à altura da sua população", diz Risomar Carvalho


O Ex- Administrador regional de Samambaia Risomar Carvalho nasceu em 15/03/1973, no Distrito Federal, filho de pais nordestinos. Depois de

morar de aluguel em ‘fundos de quintal’, em 1989 se mudou para Samambaia,
com sua mãe e irmãos, seguindo a saga de milhares de famílias que nessa cidade encontraram seu ‘lugar ao sol’. O sol, o pó, a lama, a água do chafariz, o barraco de madeirite, o transporte precário e a falta de opções de educação, cultura e lazer, tornaram-se desafios à sua mente ávida por melhorar o mundo a sua volta.  Em 1993 casou com Adriana Carvalho, com quem tem dois filhos.Nos horários contrários às aulas nas escolas públicas, trabalhava como engraxate, vigia de carro, ambulante, vendedor de jornal, fazia frete em feiras livres, padeiro e de Office boy para ajudar a sustentar a família. Envolvia-se em reuniões com amigos e vizinhos, em busca de soluções coletivas para melhorarem as condições de vida. Nos anos 90 foi precursor de dezenas de prefeituras comunitárias das quadras de Samambaia e na criação do Instituto de Arte Cia e Cidadania - IACC. Isso o projetou no meio político e governamental, abrindo caminhos à execução de projetos e ocupação de cargos.




 A visão política, prática e organizativa o impulsionaram a estudar, trabalhar, crescer e Risomar Carvalho foi nomeado em 2011 como administrador regional de Samambaia pelo governador Agnelo Queiroz, o cargo que ocupa até abril de 2014, no qual desempenhou com compromisso de morador e gestor público experiente..
Hoje Risomar Carvalho que teve a oportunidade de administrar Samambaia é pré- candidato a deputado distrital, Risomar Carvalho foi nomeado em 2011 como administrador regional de Samambaia pelo governador Agnelo Queiroz, o cargo que ocupou até abril de 2014, no qual desempenhou com compromisso de morador e gestor público experiente.
Samambaia é uma cidade que cresce a cada dia e tem muito a melhorar e em nossa gestão foram investidos cerca de 150 milhões de reais, o maior investimento que Samambaia jamais a taxa de crescimento médio da população foi de 4,6% ao ano. Nesse período, o número de habitantes da cidade passou de 201,8 mil para 220,8 mil. Também foram registrados avanços como aumento da escolaridade dos moradores, ascensão do poder aquisitivo e da renda familiar.
Risomar Carvalho que teve  a oportunidade de administrar Samambaia de 2011 a 2013,atuando sempre com o envolvimento e compromisso de morador e governante provocando sentimentos nobres em seus pares mesmos valores aplicados no trato com seus familiares, amigos e vizinhos, sem distinção, subalternos e superiores.



O que é ser ex-administrador regional de Samambaia e ter a sua gestão considerada uma das melhores do Distrito Federal . Qual é o sentimento , qual sua autoavaliação ?


Risomar - Fico feliz por minha gestão ser bem avaliada no Distrito Federal. Acredito que essa eficiência se deve ao diálogo constante com a comunidade, ouvindo e se colocando como um despachante para resolver os anseios e desejos antigos dos moradores. O fato de eu ser morador da cidade ajudou muito. 


Qual foi seu maior desafio?
Risomar - Comparada com outras cidades do DF, Samambaia não é fácil de administrar, devido à sua extensão com quase 220 mil habitantes. Exige muita dedicação e conhecimento. Mas nada que o carinho e o cuidado de uma pessoa que chegou aqui no tempo do chafariz,
com espirito de liderança comunitária, não possa enfrentar, assessorado por uma boa equipe de colaboradores como a que a tive na minha gestão.

 Ficou algo que senhor gostaria de ter feito?


Risomar - Com certeza. Mesmo com tudo o que foi feito, Samambaia é uma cidade que
cresce a cada dia e tem muito a melhorar. Em nossa gestão foram investidos cerca de 150 milhões de reais, o maior investimento que Samambaia jamais teve em todos os governos. Com este investimento melhoramos a Iluminação Pública em quase toda cidade. Melhoramos o trânsito com a construção de baias para ônibus da Avenida Leste e a construção das vias de ligações entre as quadras residências, reformamos e revitalizamos inúmeras praças e equipamentos esportivos. Fizemos muitas calçadas e bocas de lobo. Dobramos os equipamentos de saúde com a reforma do HRSam e a inauguração da UPA, das Clinicas da Família e do CAPS. Revitalizamos o Parque Três Meninas.
Concluímos a DF 459. Estamos prestes a construir a primeira etapa do Complexo
Cultural Samambaia.


Em que o fato de ser morador da cidade facilitou na gestão de Samambaia?


Risomar - Este critério adotado possibilita que algumas particularidades da cidade
possam ser tratadas com o mesmo cuidado de uma grande obra. Por ser morador e administrador pude resolver questões que estavam pendentes há 20 anos, como a drenagem pluvial da 2ª Avenida Sul Par e a instalação de bocas de lobo em diversas quadras, a retirada de postes do meio de ruas, pavimentação asfáltica de diversos estacionamentos favorecendo o comércio, acessibilidade por meio de calçadas, entre outras pequenas obras que fazem toda a diferença no dia a dia.


Qual foi o maior legado da sua passagem à frente da Administração Regional de Samambaia?


Risomar - Foram feitas ou iniciadas diversas e importantes obras na região, muitas das quais já falamos. Mas com certeza o maior legado da minha gestão foi elevar a autoestima da população que hoje se orgulha de morar em Samambaia.


O senhor deixou o cargo para uma candidatura a distrital e conquistou mais de 10 mil votos mais não foi eleito.O que lhe faz acreditar nesse projeto?


Risomar - Samambaia é uma cidade que sempre precisará de grandes investimentos, à altura da sua população. Por isso não pode continuar sem um representante próprio na câmara legislativa. Por isso me coloco à disposição dos meus concidadãos como pré-candidato a deputado distrital, mesmo sabendo das dificuldades. Acredito que minha pré-candidatura é um projeto para Samambaia.
Risomar Carvalho  assinou  a ordem de serviço para a construção da primeira etapa do Complexo Cultural de Samambaia, obra que é o seu grande legado para a cidade.


“O complexo é uma luta histórica do movimento cultural de Samambaia. A comunidade artística local reivindica um espaço na cidade para fazer sua arte, sem precisar ir ao Plano Piloto. Agora teremos um lugar do mesmo nível de qualquer outro no DF”, informou Carvalho.


De 2011 a 2013, período em que Risomar Carvalho foi administrador de Samambaia  a taxa de crescimento médio da população foi de 4,6% ao ano. Nesse período, o número de habitantes da cidade passou de 201,8 mil para 220,8 mil. Também foram registrados avanços como aumento da escolaridade dos moradores, ascensão do poder aquisitivo e da renda familiar.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário