Rollemberg deixou o bolso do Brasiliense mais vazio com o aumento da passagem

Brasília fechou 2017 com a maior inflação registrada no país. Acompanhada de Goiânia, A capita do páis sofreu com a inflação principalmente puxada pela alta das passagens de ônibus no DF, que chegou a 25%.
Os dados do (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) IPCA, foram apresentados nesta última quarta-feira (10/1), e deixa claro que a o brasiliense sofreu mais que o restante do país com a alta de preços no orçamento do mês. Outro ponto que castigou o boldo da população foi o aumento da gasolina, em seu 17,86% em 2017.
Cenários bem diferente de outros grandes cidades brasileiras, como São paulo, em 3º lugar, Rio de Janeiro, 6º, e Belo Horizonte, 12º lugar. Essas cidades, apesar de sua grande população e aumento de preços, ficaram bem abaixo da inflação no DF.
Com isso, mesmo alegando que o DF, junto com país, está saindo a crise, o governado do DF conseguiu, com sua permissão de aumento nas passagens, deixar o bolso do brasiliense mais vazio em 2017, e enfrentando a inflação mais alta do país.
Confira a lista de cidades apresentadas pelo IPCA
Brasília: 3,76%
Goiânia: 3,76%
São Paulo: 3,63%
Curitiba: 3,42%
Recife: 3,31%
Rio de Janeiro: 3,03%
Vitória: 2,55%
Porto Alegre: 2,52%
Fortaleza: 2,27%
Salvador: 2,14%
Campo Grande: 2,11%
Belo Horizonte: 2,03%
Belém: 1,14%
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário