Polícia suspeita que roubo a escola teve ajuda de alunos e funcionários


Alunos e funcionários da Escola Classe 45 de Ceilândia são suspeitos de participar do roubo à instituição, ocorrido na madrugada de sábado passado (4). Um casal foi preso em flagrante em uma quitinete onde morava, próximo ao local do crime. Com eles foram apreendidos uma televisão de 32 polegadas e um aparelho DVD.

Durante as investigações, a Polícia Civil identificou os dois receptadores dos objetos subtraídos: Jéssila Juliana da Costa Viana, 18 anos, e Lucas da Silva Soares, 18. Porém, depois da prisão deles, a polícia constatou que o rapaz havia participado efetivamente do roubo. Ele teria cometido o crime com mais quatro pessoas, ainda foragidas. A polícia revelou a identidade de uma delas: Luan Júnior da Silva Reis, de idade não divulgada.

Ainda segundo Victor Dan, há evidências de que os assaltantes conheciam o local. “Os autores já sabiam dos mínimos detalhes, de como entrar na escola e onde estavam os objetos. Por isso, acredito que alunos possam ter participado”, ressalta.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário