Moradores de Samambaia sofrem com a falta de remédio na cidade

As filas em frente aos postos de saúde em Samambaia são rotineiras. Pessoas em tratamento e familiares vão em busca de remédios caros e com distribuição gratuita do governo, mas nem sempre os encontram.

Os remédios com estoque zerado representam 25% dos 200 tipos oferecidos pelo governo. Faltam medicamentos para doenças como anemia associada à insuficiência renal crônica, medicamento que evita a rejeição de órgãos transplantados, artrite reumatoide, antiasmático, leucemia, doenças inflamatórias do intestino, antidepressivos, tratamento da Doença de Parkinson, para doenças pulmonares, esquizofrenia e para tratamento de distúrbios psicóticos.

Para acabar com o problema o pré candidato a deputado Distrital Jorge Vianna tem a solução veja a matéria completa no vídeo abaixo:



Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário