Máfia vence Parma e se torna campeão em Samambaia


Na Arena Allianz da QR 310 em Samambaia Sul contou com um grande números de torcedores que lotaram as arquibancadas, o Máfia se sagrou campeão do campeonato de Samambaia 2018 ao vencer o Parma por 2 a 0, neste domingo 05/08, às 11h. Os gols da partida foram marcados por Gleicinho e Ruan, aos 13 minutos do primeiro tempo, e aos 37 da segunda etapa, por Ruan, saído do banco. O Máfia utilizou a força máxima para enfrentar o Parma em busca do seu 1º título o objetivo, alcançado com muito suor e força de vontade e garra. O jogo - a partida teve início melhor para o Máfia, mas o Parma buscou o equilíbrio tentou sair tocando, com Francione fazendo bem o pivô mais Romarinho bem marcado, o time teve que rodar bastante a bola para encontrar espaço. Acabou finalizando apenas duas vezes, com Francione e Alemão. O Máfia teve a primeira chance logo aos 7 minutos, com chute forte de Gordin de fora da área o Máfia continuou atacando e aos 10 após uma troca rápida de passes dentro da área entre Fernando e Glecinho abola sobra para Gleicinho que fuzila o gol de Nandinha que nada pode fazer gol de Gleicinho que deixa o torcendo enlouquecido nas arquibancadas. A resposta da Parma veio no lance seguinte, com chute de longa distância de Alemão e defesa de Bocão em seguida Guilherme vai ao fundo cruzar e Francione toca de cabeça fraco para fora o Parma tentava correr atrás do prejuízo, o Parma deixou alguns espaços na defesa e, aos 23, bom ataque do Máfia Fernando cruzou, Gleicinho ajeitou e Barão bateu de primeira, indo por cima do gol, o jogo era bem disputado e com jogada mais duras ninguém aliviava pois era a grande final e fim de primeiro tempo. Na volta para o segundo tempo, o Parma estava melhor. Aos 13, lançamento de Faerrison para o lateral Guilherme que cruza na área mais a zaga corta lance de perigo, aos 10 minutos o Máfia dá o troco em jogada de Gordin que chuta e Nandinha faz grande defesa, o Parma acorda e começa a chutar de longe porem sem direção, apesar das muitas falhas de ambas as equipes, o Máfia estava bem postado em campo e não permitiu o empate do Parma, que investia mais em lances de bola parada. Aos 35 minutos, o Máfia ampliou o placar com Ruan, sacramentando o título, grande vitória do Máfia que foi mais decisivo quando teve as chances de gol. Apoio Dep. Júlio Cesar e Risomar Carvalho.
Fotos e Texto; Marco Antonio Tchefy
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário