Em campanha na Expansão de Samambaia, Rollemberg promete construção do Metrô

Nesta quinta-feira (30/8), Rollemberg participou de uma atividade na Expansão da Samambaia. Em busca da reeleição, ele investiu no corpo a corpo com o eleitorado. Entre os projetos apresentados no local está a ampliação do metrô em 3,8 km e a construção de duas estações. “A licitação já sai este ano para começar a ser construída no começo do ano que vem”, garantiu. Ele também prometeu fazer a regularização fundiária da região.

Na lista de obras já feitas neste mandato, o socialista destacou a inauguração de um terminal de ônibus e de 12 creches. No entanto, moradores que presenciaram o discurso de Rollemberg apontaram falhas na atuação dele na região. “Ele prometeu o metrô e nunca fez. Ficamos mais de uma hora na parada esperando por ônibus”, criticou Jorge Sousa, 71 anos.
A comerciante Julita dos Santos, 58, reclamou da falta de segurança. “Muitos colegas meus já foram assaltados por mais de uma vez. Eles [os candidatos] só lembram da gente de quatro em quatro anos, mas nunca cumprem as promessas”, desabafou.
OperaçãoNa manhã desta quinta-feira, a Polícia Civil do DF deflagou uma operação para apurar o desvio de R$ 20 milhões. Conforme revelou o Metrópoles, foram feitas buscas no Anexo do Palácio do Buriti, sede do GDF. Os principais alvos são um funcionário da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) e ex-diretores da Cooperativa de Transportes do Distrito Federal (Cootarde). No evento desta manhã, o governador afirmou ainda desconhecer a ação policial. “Vou me informar primeiro. Até o momento não tenho nada a declarar”, disse na ocasião.
Rodrigo Rollemberg (PSB) assumiu o cargo de deputado distrital pela primeira vez em 1994, após ter sido eleito suplente. Em 1998, elegeu-se titular. Nas eleições de 2002, disputou o Governo do Distrito Federal (GDF), mas não venceu. No pleito seguinte, tornou-se deputado federal.
Em 2010, integrando chapa com o PT e Cristovam Buarque (à época no PDT, hoje no PPS), o socialista lançou-se ao Senado. Tanto ele quanto Cristovam foram eleitos. Em 2014, ganhou a disputa ao Palácio do Buriti. O governador tem agora o apoio de Rede, PDT, PV e PCdoB.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário