Advogada é morta a tiros enquanto tentava estacionar carro

Uma advogada de 30 anos foi morta a tiros enquanto procurava uma vaga para estacionar, no Setor Alto da Glória, em Goiânia, na noite dessa quinta-feira (10). Era por volta das 22h30 quando, ainda dentro do carro, Laís Fernanda Araújo Silva foi abordada por dois homens.
A Polícia Civil trata o caso como latrocínio (roubo seguido de morte). Conforme a corporação, a suspeita é de que a advogada tenha se assustado com os criminosos e acabou baleada ao tentar sair do Honda Fit. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Laís já estava sem vida quando o socorro chegou.
O corpo foi recolhido do local do crime e levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia. Laís era assessora jurídica do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Além de advogada, ela era gestora ambiental e cursava mestrado em Tecnologia de Processos Sustentáveis. As informações são do G1.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário