Depressão - A doença que deve se tornar o segundo maior problema de saúde no mundo


Segundo dados recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão afeta 322 milhões de pessoas no mundo. Em dez anos, de 2005 a 2015, esse número cresceu 18,4%. E esse total, que representa cerca de 5% da população mundial, só deve aumentar com o tempo, fazendo com que a doença se torne a segunda maior preocupação em termos de saúde pública no planeta.

Já no Brasil, temos 5,8% da população sofrendo de depressão, ou seja, um total de 11,5 milhões de brasileiros. Ainda de acordo com a OMS, entre os países da América Latina, o Brasil é o que possui maior número de pessoas em depressão.

ENFOQUEA depressão não escolhe sexo ou idade, atingindo mulheres e homens de crianças até adultos. Atualmente a Organização mundial da Saúde (OMS) aponta o TDM (Transtorno depressivo maior) como a maior causa de adoecimento e invalidez em adolescentes ao redor do mundo. Kashani e Sherman2 observaram taxas de incidências de TDM: 0,9% em crianças em idade pré-escolar, 1,9% em crianças em idade escolar e 4,7% em adolescentes.

Sinais e sintomas de um quadro depressivo

É muito importante estar atendo a sua rotina do dia-a-dia, se você vem apresentando vários dos seguintes sintomas ou sinais da lista a seguir é como sugestão buscar uma ajuda profissional, pois ele com toda a experiência e conhecimento científico pode lhe dizer se realmente seus sintomas estão relacionados com a depressão:
·         Humor triste, ansioso ou “vazio” persistente;
·         Sentimentos de desesperança ou pessimismo;
·         Irritabilidade;
·         Sentimentos de culpa, inutilidade ou desamparo;
·         Perda de interesse ou prazer pela vida, hobbies e atividades;
·         Diminuição da energia ou fadiga;
·         Mover ou falar mais devagar;
·         Sentir-se inquieto ou ter problemas para ficar sentado;
·         Dificuldade de concentração, lembrança ou tomada de decisões;
·         Dificuldade para dormir, despertar de manhã cedo ou dormir demais;
·         Apetite e / ou alterações de peso;
·         Pensamentos de morte ou suicídio, ou tentativas de suicídio;
·         Dores, dores de cabeça, cólicas ou problemas digestivos sem uma causa física clara e / ou que não se aliviam mesmo com o tratamento.

Uma ressalva é que você leitor precisa entender que tristeza é algo frequente no dia-a-dia das pessoas, todos passam por momentos difíceis na vida, então é completamente comum haver choro, tristeza e alguns sentimentos negativos perante algumas situações corriqueiras. Fique atento se esses sintomas são persistentes, estão presentes na maioria dos dias ou todos os dias.

Tratamentos e terapia
A depressão, mesmo nos casos mais graves, pode ser tratada. Quanto mais cedo o tratamento começar, mais eficaz ele é. A depressão é geralmente tratada com psicoterapia e alguns casos medicamentos para controle dos sintomas, podendo também haver uma combinação dos dois métodos caso os profissionais indiquem como necessário.
Não há duas pessoas afetadas da mesma forma por depressão e não há uma “receita de bolo” para o tratamento. Pode ser preciso algum teste e erro para encontrar o tratamento que funciona melhor para você. É muito importante que você saiba como escolher um bom psicólogo e agende uma consulta.

Serviço de Psicologia em Samambaia
A Enfoque – Consultório de Psicologia, inaugurada no final de 2017, oferece serviços na área de Psicologia Clínica. O consultório atende o público jovem, adulto, idoso e casais, funcionando de 08h30min até 18h.
De acordo com o Psicólogo Michel Rodrigues Andrade, o intuito é ampliar a oferta deste tipo de serviço na região que até então era carente no campo da psicologia. Sendo então disponibilizados para a população atendimentos de Psicoterapia, Avaliação Psicológica e Orientação Vocacional.
Entre nossos atendimentos também realizamos psicoterapia para o público que possui o transtorno depressivo.
Para contratações e dúvidas entre em contato com a Enfoque.
Telefone: (61) 991772875

E-mail: enfoquepsicologiadf@gmail.com
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário