10 anos do projeto Shake12 em Samambaia


Em sábado chuvoso (14), o projeto Shalke que atrai crianças e adolescentes carentes comemorou 10 anos. E para completar a festa, a galera do Shalke e mais 12 times de escolas públicas do DF e Entorno disputaram a Copa de futebol. Além dos jogos, teve várias atrações como brinquedos infláveis para a criançada. O evento aconteceu no Centro Olímpico e Paraolímpico Rei Pelé, que fica em Samambaia. Cerca de 300 pessoas compareceram no local.

Para a Copa foram 180 alunos inscritos e 21 jogos, ou seja, 8h de muita festa e futebol. Três categorias estiveram disputando: sub 9,11 e 13 representadas por 12 escolas de futebol do DF e Entorno. A meninada também participou dos sorteios de brindes, desafios e brincadeiras.
O deputado Juilo Cesar e o administrador Paulo Silva estiveram na comemoração. O administrador parabenizou o projeto Shalker por dar oportunidade e acreditar no talento de várias crianças e adolescentes. "Samambaia merece um projeto tão importante como este na cidade, por isso estamos aqui para continuar apoiando o seu crescimento", destacou.


Farion Souza
Aqui, no Shalke. Não é Só Futebol.
O Shalke12 iniciou sua história em 06 de abril de 2008, nos campos de barro em Samambaia, inspirado pelo Schalke04 da Alemanha e em sua metodologia. Passaram até o momento pelo projeto aproximadamente cerca de 800 crianças e jovens, entre meninos e meninas ao longo de quase uma década. Alguns talentos, por onde passaram chamavam a atenção da torcida e dos “olheiros” que se destacaram com a camisa do Shalke e contra nós. São eles: Weverson Moreira, 17 anos, jogador do São Paulo, Marcelo Aguiar (Marcelinho), 14 anos, jogador do Fluminense e recentemente Vinycius Cardoso 14 anos, jogador do Ituano. 

Mais informações :www.shalke12.org

Reportagem e Fotos: Geysa Albuquerque
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário