Adolescente que desafiou a polícia na internet é apreendido

A ousadia de um adolescente ao desafiar a polícia por meio de uma rede social instigou os investigadores da 24ª Delegacia de Polícia, em Ceilândia. Ele e outros quatro menores são suspeitos de invadir a Escola Classe 56, na QNO 18, em Ceilândia, no dia 29 de janeiro. O garoto foi apreendido.
Ao longo das investigações, policiais viram o comentário em uma rede social feito por meio de um perfil falso. No texto, o autor zomba da ação da polícia e diz que o grupo não seria alcançado. “Isso aguçou a curiosidade dos investigadores”, afirma o delegado-chefe da 24ª DP, Ricardo Viana. O autor foi apreendido e, com ele, foram encontrados os pertences de uma das diretoras do colégio.
No texto publicado na internet, havia a identificação da gangue da QNO 18. Com a informação, o trabalho dos investigadores foi facilitado. “Muitos líderes dessa gangue estão presos. Os menores visam a ocupar essas posições e continuam agindo pela área”, analisa Viana.
O adolescente confessou ter praticado os crimes e já tinha mandado de busca e apreensão por infrações prévias. Por isso, foi preso e encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente, na quarta-feira (31).
Outro envolvido compareceu espontaneamente à delegacia, na quinta (1º), após saber da apreensão do colega. “Foi entrevistado e encaminhado à DCA, que conduz o caso a partir de agora”, explica Viana.
Ao todo, cinco adolescentes participaram do crime. Três deles eram ex-alunos da escola e moravam nas imediações. Dois têm 17 anos de idade. Os demais têm 14, 16 e 15 anos. Todos fazem parte da Gangue da QNO 18.
fonte: jornal de brasilia
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário