Equipe do GDF tenta encontrar solução para crise econômica

 equipe econômica do GDF se reuniu na noite deste domingo (20/8) para debater a crise financeira vivida na capital. Das 18h às 21h, eles tentaram montar um quebra-cabeças de como vão pagar os salários dos servidores públicos locais, contratos com fornecedores, concluir obras, abastecer hospitais e ainda administrar um rombo de R$ 1,5 bilhão no orçamento de 2017. Não conseguiram chegar a um consenso.


O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) tinha acabado de chegar de uma viagem a São Paulo. Com diversas opções a serem analisadas, junto com a equipe, ele não conseguiu fechar os números. Havia a intenção de marcar uma coletiva de imprensa para as 10h desta segunda-feira, mas foi frustrada.
Entre as possibilidades analisadas por Rollemberg estão o parcelamento de salários; o corte de gratificações e a privatização de empresas como a Companhia Energética de Brasília (CEB). Embora a decisão do que fazer não tenha sido tomada neste domingo, o governador não pode mais adiar o anúncio de um pacote de arrocho. As contas não comportam. Vem aí mais um desgaste para a imagem do chefe do Executivo.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário