Gerente de restaurante é preso após se masturbar em ônibus

Policiais militares prenderam, nesta terça-feira (17/1), um homem acusado de se masturbar dentro de um ônibus, próximo à Vila Estrutural. O suspeito, Daniel de Lima, 35 anos, que trabalha como gerente de um restaurante em Águas Claras, foi filmado por uma passageira durante o ato obsceno. Ele foi levado para a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), assinou um Termo Circunstanciado e, após prestar depoimento, acabou liberado.

A mulher que fez a filmagem – uma garçonete de 30 anos – contou à polícia que entrou no ônibus na altura da Estrutural e o coletivo estava quase vazio. Além do motorista e do cobrador, havia apenas um passageiro, sentado nas últimas cadeiras. Minutos depois, a vítima percebeu que o homem começou a se masturbar olhando para ela. A garçonete filmou a ação do acusado e tratou de descer do ônibus em seguida.
A vítima relatou que o homem desceu atrás dela e tentou tomar o celular para apagar as imagens. Após gritar por ajuda, populares acabaram imobilizando o homem até que a Polícia Militar fosse chamada.
Daniel foi detido e levado para a delegacia. Aos investigadores, o gerente contou que “sentiu grande excitação”, aproveitou que não havia passageiros e sentou-se atrás das cadeiras mais altas, passando a se masturbar logo em seguida.
O suspeito explicou aos policiais que ficou envergonhado e pediu ao motorista que parasse. Ele e a vítima desceram juntos, mas ele alega que foi coincidência. Disse também que sua intenção era de sair dali o mais rápido possível pois estaria constrangido, porém a passageira começou a gritar. Logo depois,  acabou imobilizado por populares.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário