Estudante do DF é um dos alunos nota 1000 na redação do Enem

Entre os mais de 6 milhões de estudantes que fizeram o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) no ano passado, um seleto grupo de 77 tirou nota 1000 na redação. Entre eles, um do Distrito Federal. Antônio Pedro Marques Nóbrega, 18 anos, ficou surpreso com o resultado. “Trabalhei para isso, mas não esperava”, disse o jovem, que é ex-aluno no Leonardo da Vinci, de Taguatinga.

Antônio diz que o colégio o ajudou muito. “A preparação maior veio da escola. No Leonardo, um dia da semana a gente recebe atendimento personalizado dos professores. Em casa, tudo o que a gente puder praticar para não ficar só no abstrato, melhor”, ressaltou o estudante, que fez 759 pontos no Enem e quer cursar direito na Universidade de Brasília (UnB). Ele também foi bem no Programa de Avaliação Seriada (PAS).
O resultado do Enem 2016 foi divulgado nesta quarta-feira (18) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Nesta quinta (19), um dia depois, o site da instituição ainda continua apresentando problemas. De acordo com o instituto, o sistema está instável.
Professor do Leonardo da Vinci, Bruno Borges diz que, para ser um aluno com redação nota 1000, como Antônio, é preciso ir além do senso comum e citar autores que possam fundamentar a tese. “E também não pode ficar restrito apenas ao conhecimento obtido em sala de aula. O aluno deve buscar embasamento em livros e temas da atualidade, para estar bem preparado. Além disso, precisa, no último parágrafo, mostrar uma solução para o problema apresentado na redação”, ressaltou.
Share on Google Plus

About Criativo Publicidade

0 comentários:

Postar um comentário