GDF lança programa Renova-DF em Samambaia que dará bolsa no valor de um salário minimo


 
Na tentativa de impulsionar o mercado de trabalho, que acumulou 6 mil demissões em abril segundo a Codeplan, O GDF lançou, nesta terça-feira (08/06), em Samambaia  o programa Renova-DF. A iniciativa oferta 3 mil vagas em cursos de qualificação profissional a pessoas desempregadas.

"Estamos vivendo momento de pandemia onde inúmeras pessoas perderam seus empregos, vamos transformar isso em projeto permanente do DF", afirmou o governador Ibaneis Rocha (MDB), durante o evento de lançamento em Samambaia.

O secretário de Trabalho, Thales Mendes, ainda anunciou ainda que os alunos do curso terão acesso a uma linha de crédito para empreender após a capacitação. "Juros de 3% ao ano para que as pessoas possam comprar suas ferramentas", disse o secretário. "É recuperação da dignidade das pessoas", complementou.

As aulas práticas para auxiliar de manutenção, com noções em seis profissões, serão presenciais. Por isso, os participantes receberão uma ajuda de custo no valor de um salário mínimo, além de auxílio transporte e seguro contra acidentes pessoais.

Cada grupo de mil alunos passará pelo treinamento ao longo de 90 dias. A formação inclui aulas teóricas e práticas do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para carpinteiro, eletricista, encanador, serralheiro, pedreiro e jardineiro.

O aprendizado prático vai ocorrer em equipamentos públicos do DF, visando a recuperação de praças, parques infantis, Pontos de Encontros Comunitários, calçadas, jardins e paradas de ônibus, que começará por Ceilândia e Samambaia. "Não será em quatro anos que vamos conseguir recuperar tudo", ponderou Ibaneis, ao dizer que o programa deve chegar às 33 regiões administrativas.

Conheça mais sobre os cursos de capacitação

Formações: carpinteiro, jardineiro, eletricista, encanador, serralheiro e pedreiro.

Duração mínima de 80 horas (até 20 horas semanais).

Haverá cadastro reserva no total de 6 mil vagas.

Requisitos para participar: ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro em situação regular no país; desempregado; maior de 18 anos; residente no DF.

Cada aluno terá auxílio pecuniário (bolsa), no valor de um salário mínimo, além de transporte e seguro contra acidentes pessoais.

Após a conclusão do curso, os alunos terão direito a certificado, autenticado pela entidade qualificadora e pela Secretaria de Trabalho.

As atividades serão desenvolvidas no âmbito das regiões administrativas (RAs) do DF, em quadras poliesportivas, praças, parquinhos infantis, parques, pontos de encontro comunitário, jardins, campos de futebol sintético, entre outros.



Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

1 comentários: