Equipe da UPA de Samambaia passa por treinamento sobre ventilação mecânica




 Enfermeiros da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Samambaia receberam treinamento para reforçar os conhecimentos sobre manipulação de ventiladores pulmonares, aparelhos que aumentam a capacidade respiratória de pacientes com falta de ar. Com a atividade, a equipe poderá oferecer atendimento de maneira mais rápida a pacientes internados com covid-19. 


As orientações partiram de fisioterapeutas do Hospital Regional de Samambaia (HRSam), gerido pela Secretaria de Saúde (SES-DF), para sete profissionais da UPA, administrada pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). A equipe recebeu treinamento sobre como identificar um quadro de necessidade dos aparelhos, como usar os botões e para manipulação correta do oxigênio.

Após a atividade, a equipe vai repassar as informações para outros 23 enfermeiros que trabalham na UPA. Atualmente, a unidade de Samambaia conta com sete ventiladores pulmonares, além de dois aparelhos de retaguarda disponibilizados pelo HRSam, em caso de necessidade.

Importância

Também conhecidos como ventiladores mecânicos, esses aparelhos permitem administrar a quantidade de ar necessária aos pulmões de pacientes com insuficiência respiratória. Eles ajudam a controlar a entrada de oxigênio e a saída de gás carbônico do organismo.

A indicação de uso do recurso varia de acordo com o nível de saturação de oxigênio do paciente, verificada por meio de um aparelho chamado oxímetro. Ventiladores pulmonares são necessários em casos de taxa abaixo de 94%.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário