Clínica do Povo em Samambaia : Justiça decide prosseguir com ação penal contra dono

A 3ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT) decidiu pelo prosseguimento da ação penal contra um dos proprietários da Clínica do Povo, em Samambaia. Ele foi denunciado pelos crimes de estelionato (46 vezes), falsificação de documento particular (61 vezes), exercício ilegal da Medicina e perigo para a vida ou a saúde de outrem. O pedido foi feito pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

De acordo com a denúncia da Promotoria de Justiça Criminal de Defesa dos Usuários dos Serviços de Saúde (Pró-vida), entre março e novembro de 2017, Thiago Henrique Silva Gonçalves exerceu a profissão de médico sem autorização legal, pois não possuía a formação acadêmica necessária. Ele se apresentava como médico do trabalho, dizendo-se apto para realizar exames clínicos admissionais. Para isso, utilizava carimbos de médicos contratados pela clínica.

Ele também foi denunciado por falsificar exames laboratoriais de diversos pacientes. As amostras coletadas não eram enviadas ao laboratório: o réu falsificava os laudos e recebia os valores como se tivesse havido a análise, mas replicava resultados de pacientes anteriores. Ele teria prejudicado mais de 60 pessoas.

Share on Google Plus

About CRIATIVO PUBLICIDADE

0 comentários:

Postar um comentário